CATALUNHA: O QUE FAZER AGORA?

Para a classe dominante espanhola, a unidade da Espanha é um princípio sacrossanto que se coloca acima do desejo de milhões de pessoas, obrigadas a fazer parte de um estado que corre o risco de se tornar uma gaiola de nações. O caráter autoritário e opressivo do regime de 78 é exposto, agora mais do que nunca, nos constantes ataques à vontade democrática do povo catalão, pisados e sistematicamente subestimados pelo governo central do PP.

A recente declaração de independência feita pelo parlamento catalão e, alguns minutos depois, a activação do artigo 155 pelo governo central, que dissolve o parlamento catalão, abre uma nova e turbulenta fase de luta no panorama politico catalão. Mas qual é a actual correlação de forças na Catalunha? Em que medida se cruza a luta de classes com a luta pela independência? Quais as perspectivas para o futuro do povo catalão? Qual o caminho a tomar para uma revolução socialista na Catalunha?

Junta-te a nós para um debate introduzido pelo Arturo Rodríguez, membro da Corrente Marxista Internacional, que irá dar o seu testemunho e análise da situação actual na Catalunha